Sábado, 20 de Julho de 2024
Banner

Opinião

Jorge Meneses

Jorge Meneses

A importância do Plano de Negócios

O Plano de Negócios é o melhor instrumento para projetar uma atividade de um negócio, seja ele pequeno, médio ou grande, na perspetiva de quem o vai fazer.

Tanto serve para a constituição do próprio emprego, como para desenvolver a micro empresa já existente, como para expandir uma empresa já sólida, como para lançar um grande investimento de uma multinacional. É sempre importante, e deve ser feito sempre!

Assim como para construir uma casa, organizar uma festa, viajar para um destino distante, ou é necessário fazer um planeamento daquilo que projetamos que venha a ser a atividade desenvolvida. Ou seja, a casa, a festa e a viagem, não vão se realizar apenas pela vontade, mesmo que seja correto o que se deseja. Ideias assim nascem, mas para que elas se tornem realidade, é preciso construí-las passo a passo, de forma correta.

Para que uma viagem aconteça, é necessário ponderar o local a ser visitado, decidir o tempo da viagem, quanto dinheiro levar, comprar bilhetes de avião, reservar hotel, fazer as malas, entre tantas outras coisas. Se, para uma simples viagem, precisamos fazer tudo isto, imagine quando estamos a investir uma parte do nosso capital amealhado. E empreender, muitas vezes, é uma viagem para um lugar desconhecido. Por isso, temos de estar o mais preparado possível.

Para organizar as ideias é necessário fazer o Plano de Negócios. Nesta viagem ao mundo dos empreendedores, ele será o mapa de percurso.

Numa primeira parte, o Plano de Negócios irá orientá-lo na pesquisa de informações detalhadas sobre o setor, os produtos e os serviços a serem oferecidos, bem como possíveis clientes, concorrentes, fornecedores, e principalmente, sobre os pontos fortes e fracos do negócio, contribuindo assim para a identificação da viabilidade da ideia e na gestão da empresa.

Depois, na segunda parte, com projeções económico-financeiras, o Plano de Negócios ajudará a responder a seguinte pergunta: “vale a pena abrir, manter ou ampliar a atividade?”. Lembre-se de que este trabalho é um grande desafio, pois exige persistência, comprometimento, pesquisa, trabalho duro e muita criatividade.

Boa sorte, ou melhor, bom trabalho! E tenha claro que começar já, é a metade de toda a ação.

Conte connosco !